Conheça o espaço compartilhado Villa Mariantônio

Gazeta do Povo / Viver Bem / Comportamento – Curitiba | 22/11/2016

Desde casa de chás, até escritórios de arquitetura, ateliês, lojas de acessórios e roupas. Descubra esse espaço localizado no coração do Batel

O casarão de arquitetura alemã na Rua Gutemberg, no Batel, permanece desconhecido por muitos curitibanos devido à localização em uma região calma e cercada de moradores. Ali se reúnem uma diversidade de marcas, que dão continuidade ao espaço comercial. A diretora criativa da Villa Mariantônio Andrea Tosato conta que o local é o primeiro espaço compartilhado de Curitiba. “Antes de se falar sobre esse tipo de espaço, nós o criamos pela necessidade”, explica.
Um pouco de história
Lá em 2006, Andrea dividia o amplo local apenas com uma loja de móveis. “Há dez anos eu dei início aos trabalhos na Villa. Na época, tinha uma loja de roupas focada em camisetas customizadas e, mais para frente, comecei a fazer vestidos”, conta a diretora. O nome da sua marca era Mariantônio, da onde vem o nome do espaço. “Maria é minha filha e Antônio, meu avô. Também sou devota de Santo Antônio, por isso assim batizei minha loja”, detalha Andrea.
Na sequência, um restaurante se instalou no espaço. A crise de 2008 impossibilitou que o local continuasse sendo dividido apenas entre três estabelecimentos. “Renascemos com a crise. Começamos a receber as primeiras propostas de outras marcas para se instalarem no espaço até ficar como está hoje”, relembra a diretora.
Com mais de 70 anos, a casa foi no passado uma escola de música e letras, como conta Andrea. “Poetas e músicos se encontravam neste espaço, incluindo o João Turin“, comenta. Segundo ela, o estabelecimento foi preservado para conservar suas características originais. “Quase nada foi modificado. O charme deste espaço está na união entre o vintage e o novo”, explica Andrea.
Há dois anos o comprido muro que fica do lado oposto a casa sofreu uma intervenção artística das Pupillas, a dupla de artistas visuais Mariana Degani e Verônica Alves. “O grafitti veio para deixar o local mais atual e as flores têm a ver com o espaço, cujo símbolo é a flor de lis”, finaliza Andrea.
Hoje ainda existe o Sexta na Villa, evento que acontece mensalmente para agitar o espaço, como explica a administradora Fernanda Pimentel. “Mês passado demos início a essa ação. Pretendemos realizar uma vez ao mês o evento que é como um happy hour. Começa às 15h e vai até as 21h e é aberto ao público“, diz Fernanda. Participam food bikes, Djs, expositores de fotografia, pintura e arte.
Conheça as marcas que fazem parte da Villa:

(…)

Be Bride Acessórios

be-bride-midia

Foto: Facebook/Divulgação
A marca é especializada na locação de acessórios para noivas, debutantes, daminhas, madrinhas e convidadas. São coroas, flores, garras, grampos, headbands, pentes, porta coques e tiaras. A marca tem página no Facebook e site. Telefone: (41) 9998-7414.

(…)

Serviço: Villa Mariantônio. Rua Gutemberg, 585 – Batel. O espaço fica aberto das 9h às 20h, mas cada loja faz o seu horário de funcionamento conforme agendamento e demanda. Telefone: (41) 3079-1557.

Leia a matéria original na íntegra

Compartilhe este post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *